A justiça do estado do Rio de Janeiro determinou a retirada do especial de natal da produtora Porta dos Fundos no serviço de streaming Netflix. De acordo com o colunista Anselmo Gois, de O Globo, a determinação foi dada nesta quarta-feira (8/1) pelo desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível.

"Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requerida", disse o desembargador.

O “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo” foi divulgado na plataforma de streaming no final de dezembro e têm dividido opiniões. A briga na justiça começou após um pedido da Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura, mas o pedido havia sido negado em primeira instância.

Pouco depois da repercussão negativa do especial, a produtora foi surpreendida com um ataque em sua sede. Até o momento, nenhum suspeito de envolvimento com o crime foi preso.

LEIA MAIS: Prisão de suspeito do ataque à Porta dos Fundos terá recompensa; confira

LEIA MAIS: Suspeito de participar do ataque à produtora do Porta dos Fundos é identificado pela polícia

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.